quinta-feira, 21 de junho de 2012

"ÚLTIMO IMPÉRIO TOUR 2012" - Datas e locais de Junho e Julho


ÚLTIMO IMPÉRIO TOUR 2012

VILA NOVA DE GAIA: Domingo, 24 de Junho, 17H00. Fnac do GaiaShopping (Centro Comercial GaiaShopping - Avenida dos Descobrimentos, 549 | Loja 206 - Vila Nova de Gaia)

PENAFIEL: Sexta-feira, 13 de Julho, 21H30. Biblioteca Municipal de Penafiel - apresentada pelo Presidente da Câmara de Penafiel e célebre autor de romances como "A Escrava de Córdova" e "A Profecia de Istambul", ALBERTO S.SANTOS (Avenida Egas Moniz - Penafiel)

BRAGA: Sexta-feira, 20 de Julho, 21H30. Fnac do BragaShopping (Centro Comercial BragaShopping - Avenida Central, 33 - Braga)

GUIMARÃES: Domingo, 29 de Julho, 16H00 (Centro Comercial GuimarãesShopping, Loja 413 - Alameda Mariano Felgueiras - Guimarães)

FILOSOFIA PURA (ITALO CALVINO)


"Um clássico é um livro que nunca acaba de dizer o que tem para dizer."

Italo Calvino
(1923-1985)

domingo, 17 de junho de 2012

Livro "O ÚLTIMO IMPÉRIO" de Tiago Moita na 82ª Feira do Livro do Porto


Ontem, concretizei um dos maiores sonhos de toda a minha vida: Apresentei o meu novo livro na Feira do Livro do Porto. Um evento onde passei alguns dos melhores momentos da minha infância e adolescência, e também da idade adulta. Lembro-me com uma nesga de saudade, o momento em que me separava dos meus pais para correr pelos corredores do Pavilhão Rosa Mota - local onde decorria antigamente este evento, e perdia-me por entre centenas de Stands de editoras e folheava de rompante toda a espécie de livros que me aparecia à frente.

Passados todos estes anos, não deixa de ser irónico ver aquele menino e moço que desaparecia da sombra dos seus pais para mergulhar nessa grande aventura que é começar a ler um livro, ser agora um homem e escritor, a apresentar um livro escrito por si.

Por isso, gostaria de agradecer não só à minha editora e a APEL por ter transformado este sonho em realidade, como também agradecer a todos aqueles que puderam estar presentes na sessão de apresentação do meu primeiro romance naquela que é uma das maiores feiras do livro de Portugal e um dos maiores eventos do nosso país.

Muito obrigado a todos.
Namasté!


Para quem ainda não comprou e esteja interessado em comprar um exemplar da minha obra, ela ainda se encontra à venda na Feira do Livro do Porto, na Tenda dos Pequenos Editores (Avenida dos Aliados, frente à Câmara Municipal, ao pé de uma esplanada e do Bibliocarro, a seguir ao Stand A61). Aproveitem! A feira acaba hoje à meia-noite e o livro está a preço de promocional: 13,50 €.

Visitem a Feira! A cultura agradece.

FILOSOFIA PURA (GANDHI)



"Se estiveres em paz contigo mesmo, tudo o que se refere à tua pessoa estará bem, ainda que tudo pareça correr tremendamente mal. E, pelo contrário, se não estiveres em paz contigo mesmo, tudo o que se refere à tua pessoa estará mal, ainda que tudo pareça correr bem."

   Mahatma Gandhi
1869-1948

terça-feira, 12 de junho de 2012

TIAGO MOITA NA 82ª FEIRA DO LIVRO DO PORTO



É oficial. Tiago Moita vai estar presente na 82ª Feira do livro do Porto neste sábado, dia 16 de Junho às 20H00 no Auditório da APEL para apresentar o seu primeiro romance "O ÚLTIMO IMPÉRIO" (Chiado Editora, 2012)


A apresentação inicial será feita pelo célebre autor de renome internacional, LUÍS MIGUEL ROCHA.

LUIS MIGUEL ROCHA (Porto, Fevereiro de 1977) é um autor português que se tornou Bestseller no New York Times em 2009. Foi estudante de Humanidades até ao 12º ano. Começou a sua vida profissional como técnico da produtora que era responsável pelas missas da TVI, aos vinte anos de idade. Supervisionou guiões para produtores ingleses e nacionais e foi tradutor de livros já publicados. Actualmente, dedica-se exclusivamente à escrita.

Os seus maiores sucessos literários são "O ÚLTIMO PAPA", "BALA SANTA" e, o seu mais recente trabalho, "A MENTIRA SAGRADA".

Para mais informações sobre este evento, por favor consultem o site oficial da Feira do livro do Porto

FILOSOFIA PURA (NIKOS KAZANTZAKIS)



"A minha alma inteira é um grito e a minha obra é um comentário a esse grito"

Nikos Kazantzakis
(1883-1957)

sábado, 9 de junho de 2012

PRIMEIRA CRÍTICA LITERÁRIA AO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" FEITA PELA JORNAL "O DIABO" (09.06.2012)


SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DO LIVRO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" DE TIAGO MOITA (PORTO, 05.05.2012)


No dia 5 de Maio, decorreu a terceira sessão de apresentação do meu primeiro romance "O ÚLTIMO IMPÉRIO". De todas, foi a sessão mais animada, graças ao discurso bem-humorado do meu amigo autor, Luís Miguel Rocha (Como poderam ver no post com o vídeo sobre o seu discurso acerca de mim e da minha obra). Para além da animação, adorei o convívio e a partilha de opiniões, assim como o rever de alguns velhos amigos e amigas que já não via à muito tempo. Do fundo do meu coração, muito obrigado a todos os que poderam estar presentes.

Para quem não pode assistir, aqui ficam algumas das fotos desse evento. Cortesia do meu irmão e do meu grande amigo, André Ferreira.


FILOSOFIA PURA (AGOSTINHO DA SILVA)


"Lerás bem quando leres o que não existe entre uma página e outra da mesma folha."

Agostinho da Silva
(1906-1994)

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DO LIVRO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" DE TIAGO MOITA EM SÃO JOÃO DA MADEIRA (04.05.2012)


No dia 4 de Maio, decorreu a segunda sessão de apresentação do meu primeiro romance "O ÚLTIMO IMPÉRIO" na Biblioteca Municipal de São João da Madeira. Apesar da chuva e de circunstâncias alheias à minha vontade, foi uma sessão bem animada e, acima de tudo, muito participativa, graças a alguns dos seus intervenientes. Para quem não pode assistir, aqui ficam algumas das fotos da mesma. Cortesia de Ângela Almeida e da Bilbioteca Municipal de São João da Madeira. Muito obrigado a vocês e a todos os que poderam estar presentes. 

POETAS PORTUGUESES DO SÉCULO XXI (ANA SALOMÉ)


ODE CESARINY

Para todos os que amam como a estrada começa.

queria de ti um país

um arco de sol para brincar nas manhãs

a roda das tuas mãos na cintura

engravidando de deslumbre

e a urdidura dos filhos

para além da alegria.

queria que entumecesses o tempo

dentro de maçãs relidas

em poemas sobre a mesa.

no teu jeito de apertares os lábios

e me fechares numa sílaba

queria de nós um país

juntando-se a outro.

compor o tratado dos nossos beijos

na morfologia das estrelas

que encimam esta solidão

faz-me querer de ti

se não um país o coração

da tua cidade

coisa tanta e pouca

alguma coisa só


um beijo talvez

que retenha a bruma

de avançar sobre Portugal

e me tome de vez

o destino por invisível.

ANA SALOMÉ
Odes
Editora Canto Escuro
2008

ANA SALOMÉ (LISBOA, 1982): Assim assina Ana Catarina Rocha, nascida em Lisboa em 1982. Durante vários anos dedicou-se à música, acalentando sonhos de um dia vir a tocar bem o seu piano e a sua guitarra. Estudou canto na Casa do Artista e, já em Braga, fez parte do Cais de Veludo, uma banda de circuitos independentes. Terminada a licenciatura em Estudos Portugueses, pela Universidade do Minho, em 2006, começou aí a dar aulas de Português para Estrangeiros como Leitora. Tenciona prosseguir estudos na área da Literatura Portuguesa Contemporânea. Anáfora é o primeiro trabalho trazido a lume, resultado de um processo de escrita que sempre a acompanhou desde muito nova. Define-se como alguém que aprendeu a ler para poder escrever - um acto de paixão, mais do que de razão.

LUÍS MIGUEL ROCHA FALA SOBRE O LIVRO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" DE TIAGO MOITA (PORTO, 05.05.2012)


No dia 5 de Maio, realizou-se a terceira sessão de apresentação do livro "O ÚLTIMO IMPÉRIO" de Tiago Moita. Se a sessão de Lisboa foi extraordinária, esta não ficou atrás; não só pelo número de pessoas presentes, mas também pelo fantástico (e bem-humurado) discurso do meu grande amigo e autor de renome internacional LUÍS MIGUEL ROCHA (autor de best-sellers tais como "O Último Papa" ou, o seu mais recente trabalho, "A Mentira Sagrada"), como demonstra este vídeo.

Nele, encontram também o meu discurso sobre a obra.

FILOSOFIA PURA (JORGE LUÍS BORGES)


Por vezes à noite há um rosto
que nos olha do fundo de um espelho
e a arte deve ser como esse espelho
que nos mostra o nosso próprio rosto

Jorge Luís Borges
(1899-1986)

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DO LIVRO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" DE TIAGO MOITA EM LISBOA (28.04.2012)

Para quem não pode assistir à primeira sessão de apresentação do meu primeiro romance "O ÚLTIMO IMPÉRIO", aqui ficam algumas fotografias desse extraordinário evento. Muito obrigado a todos os que poderem estar presentes, em especial ao meu irmão que filmou a sessão e À Elsa Barradas e à Isabel Gajeiro por algumas das fotos aqui publicadas. Do fundo do meu coração, muito obrigado por tudo.





 

POETAS PORTUGUESES DO SÉCULO XXI: CATARINA NUNES DE ALMEIDA


Certamente uma palavra
Não é um lugar habitável.
Se procurares dentro de uma palavra
Verás a morte como ela não foi.
Talvez nas artérias encontres ainda
Correntes salinas
Um silêncio salino
Mas nunca a insónia fresca
Os estuários do sangue alagados
Navegados
Sem peso algum.
Não procures
Tu sabes
O poema é água
Indiferente aos teus dedos.

CATARINA N.ALMEIDA
A Metamorfose da Planta dos pés
Deriva
2008

CATARINA NUNES DE ALMEIDA (LISBOA, 1982), nasceu em Lisboa, numa manhã de Agosto, a poucos passos do castelo. Muito cedo conheceu o fascínio pelo Teatro, frequentando diversos cursos e projectos criativos, mas acabou por se licenciar em Língua e Cultura Portuguesa, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2005, começa a publicar poemas em diversas revistas literárias portuguesas e estrangeiras. Com o livro Prefloração (Quasi, 2006) recebe o Prémio de Poesia Daniel Faria e o Prémio do PEN Clube Português para a Primeira Obra. Entretanto, tem participado em diversos encontros internacionais de poesia. Iniciou em 2007 a preparação de uma Tese de Doutoramento sobre a poesia portuguesa contemporânea e as estéticas orientais, na Universidade Nova de Lisboa. Desde então, tem produzido alguns estudos ensaísticos, integrados em diversas publicações. Ensina actualmente Língua Portuguesa na Universidade de Pisa, onde tem organizado, com frequência, actividades culturais no âmbito da literatura portuguesa. A Metamorfose das Plantas dos Pés é o seu segundo livro de poesia, publicado em 2008 em Portugal e Itália. 

Em 2010 a Deriva Editora publicou o seu terceiro livro de poesia intitulado Bailias. 

MIGUEL REAL FALA SOBRE O LIVRO "O ÚLTIMO IMPÉRIO" DE TIAGO MOITA (LISBOA, 28.04.2012)




Foi com muito orgulho e felicidade que tive a oportunidade de apresentar ao mundo o nascimento do meu "segundo filho", o meu primeiro romance intiulado "O ÚLTIMO IMPÉRIO". (Chiado Editora, 2012). Agradeço a todas as pessoas que puderam estar presentes naquele fim de tarde de sábado, dia 28 de Abril. Foi um momento extraordinário onde não só revi parte da cidade onde nasci como também tive a oportunidade de rever algumas das pessoas que testemunharam a minha infância ou fizeram parte dela, assim como, poder ouvir as magníficas palavras de um dos maiores pensadores e escritores que alguma vez Portugal conheceu, a meu respeito e, sobretudo, a respeito da minha obra.

Para quem não teve a oportunidade de ouvir as suas palavras, aqui fica o vídeo.

FILOSOFIA PURA (PADRE ANTÓNIO VIEIRA)



"Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que ouve, um morto que vive"

                                                                                                                     Padre António Vieira
                                                                                                                                      1608-1697