segunda-feira, 2 de junho de 2014

Primeira noite mensal "POESIA À SOLTA" no Neptúlia Bar em São João da Madeira: um marco histórico

Foi num ambiente de verdadeira partilha e emoção que começou, no dia 20 de Maio às 21H30, a primeira sessão poética mensal "Poesia à Solta" no Neptúlia Bar em São João da Madeira. O convite feito por mim, e pelo meu amigo, escritor e poeta sanjoanense, Edmundo Silva surtiu efeito.

Num espaço de duas horas e meia, respirou-se Poesia, soltaram-se palavras e revelaram-se silêncios em cada intervenção. Ouviu-se Eugénio de Andrade, Natália Correia, Alberto Caeiro, Mário de Sá-Carneiro. Jorge de Sousa Braga, Vasco Gato, Mia Couto, Sophia de Mello Breyner, David Mourão-Ferreira, Florbela Espanca, José Régio, Álvaro de Campos, Herberto Hélder, mas também ouviu-se muita poesia de assinatura sanjoanense como Sara F.Costa, Edmundo Silva, Tiago Moita, Dina Silvério entre tantos outros nomes da literatura nacional e local, que percorreram ao lado de todos aqueles que assistiram e participaram naquela noite maravilhosa que, só aqueles que assistiram, tiveram o privilégio de testemunhar.

Houve quem cantasse poemas, lesse poemas directamente de uma parede, de uma folha de papel, de um livro ou mesmo de um telemóvel. Houve quem lesse para a mãe, para o pai e houve quem tirasse a gravata e desabotoasse o colarinho para falar de cor.

Nas palavras da jornalista Anabela Carvalho, do Jornal "Labor" de São João da Madeira, "no aconchego de um pequeno café onde quase todos se tropeçam em livros - estão na mesa mas também sobre a mesa, suspensos por cordas - a palavra correu com informalidade, alegria e sentimento. E a Poesia nunca foi tão bem acolhida."

A todos os que participaram e foram solidários com esta iniciativa, minha e do Edmundo, muito obrigado em nome da Poesia, da Cultura e de São João da Madeira.

Próxima paragem: Confeitaria "Colmeia", terça-feira, dia 3 de Junho às 21H30 (é já amanhã")

Apareçam!

Aqui ficam algumas fotos dessa noite histórica e extraordinária.


O público que assistiu ao "Poesia à Solta"


Dina Silvério lendo um poema da sua autoria


Um jovem que acompanhou a leitura de um poema à viola


Maria Clara lendo um poema


Francisco Guedes de Amorim, o poeta residente 
lendo um poema da sua autoria


Filipa Gomes (APROJ) lendo um poema
"Portugal" de Jorge de Sousa Braga do
seu telemóvel


O doutor Magalhães dos Santos lendo
o "Cântico Negro" de José Régio


O Dr. Luís Quintino recitando Eugénio de Andrade
com a gravata de fora (Foto de Maria Clara)


O senhor Domingos cantando um dos poemas de 
Dina Silvério à guitarra (Foto de Maria Clara)


A doutora Maria Teresa Azevedo,
Directora da Biblioteca Municipal
de São João da Madeira,
lendo um poema de Mia Couto


Maria João, uma cliente do Neptúlia Bar
lendo um poema do computador


Angel Roberto recitando Álvaro de Campos
(Foto de Maria Clara)


Li Viana lendo um poema de Natália Correia
(Foto de Maria Clara)


Tiago Moita
(Foto de Maria Clara)


Edmundo Silva lendo o poema
"Homo Noeticus" do livro
"Post Mortem e Outros Uivos"
(WorldArtFriends/ Corpos Editora, 2012)
de Tiago Moita


Maria João lendo um poema de Francisco
Costa, colado a uma das paredes do 
Neptúlia Bar

Nenhum comentário: